Zero #4 é uma HQ intragável

Cagação de regra é comigo mesmo, o que eu sei fazer bem é falar mal de uma coisa que não sei bem, e o meu alvo dessa vez é a HQ Zero, roteirizada por Ales Kot. No ano passado essa revista foi muito elogiada pela mídia especializada. O Image BR não seguiu essa opinião e deu nota 7  para a primeira edição. Dentre as críticas negativas, uma foi o desenho, que estava um lixo. Como há um revezamento de desenhistas nas edições, pensei que pior não poderia ficar, ledo engano.

Estava olhando a parte dos previews do Comic Book Resources, quando me deparo com uma bizarrice digna de um Jim Lee da vida:

 

Trata-se de Zero #4, com desenhos(?) de Morgan Jeske, que tem um curriculum inexpressível. O cara nem desenhar sabe, tanto é que rabisca os rostos dos personagens sempre com perspectiva 2D, sem profundidade, de frente ou de lado. Como pode uma grande editora como a Image contratar pessoas sem talento como essa? Se a HQ na minha opinião não é lá essas coisas, com esses desenhos aí, passo longe.

Mesmo sem ler dou nota 0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s